Inicio>pt>Notícias>Sabia que diferentes países, culturas e ambientes fazem com que as escolas tenham várias particularidades?

Sabia que diferentes países, culturas e ambientes fazem com que as escolas tenham várias particularidades?

06-09-2019 10:04



Sabia que diferentes países, culturas e ambientes fazem com que as escolas tenham várias particularidades?

Neste mês de arranque do ano escolar deixamos algumas curiosidades das instituições de ensino por todo o mundo…

- No Japão, em Israel, na China e na Índia (entre outros) a semana escolar tem 6 dias.

- No Canadá, por causa do grande número de pessoas alérgicas a amendoim, os alunos são proibidos de levarem lanches que contenham esse ingrediente.

- Na Finlândia, os “trabalhos de casa” não são uma prática incentivada. Os alunos só começam a levar tarefas para casa a partir dos 16 anos

- No Japão, depois das aulas, os alunos descansam e ocupam-se das tarefas de limpeza da escola.

- A escola Summerhill, em Suffolk, é considerada uma institutição de ensino democrática. Frequentar as aulas de qualquer disciplina é opcional. Os alunos têm entre seis e 17 anos, são de várias partes do mundo e moram na instituição. Lá, quase tudo é decidido em assembleias

- A escola Egalia, em Estocolmo, na Suécia, foi criada em 2014 para trabalhar questões preconceituosas sobre estereótipos de género. Todo o material didático é adaptado para evitar que os estudantes tenham acesso a imagens e conceitos estereotipados

- Alunos transexuais podem usar WC próprio na escola Kampang, na Tailândia. O diretor da insitutição decidiu criá-lo ao saber que os alunos não se sentiam confortáveis e eram muito importunados por alguns colegas

- A Escola da Ponte, no Porto, é uma instituição pública de ensino na qual os alunos não são divididos em classes nem em anos de escolaridade. O estudo é feito em grupos heterogéneos. Todos os temas relevantes para a comunidade escolar são discutidos e resolvidos em assembleias.

- Na China, depois da terceira aula, os alunos fazem exercícios para os olhos. Aproximadamente aos 14 anos de idade, eles têm uma hora a mais de exercício e, talvez por isso, o uniforme escolar é uma roupa desportiva.

- Em Itália as crianças devem mudar de escola duas vezes, mudando tudo: o edifício, os professores e os colegas.

- Em Rhode Island, nos Estados Unidos, desde o início, os alunos aprendem o que realmente gostam. A fim de ajudar os adolescentes a encontrarem e prosseguirem as suas paixões profissionais, cada aluno tem um mentor. Essa estratégia de ensino é atualmente adotada por 55 escolas em todo o país.

- Na escola de Steve Jobs em Amsterdam, na Holanda, cada aluno deve ter o seu próprio plano de aprendizagem individual que leva em conta os seus talentos, habilidades e interesses. Esse plano é avaliado e reajustado a cada seis semanas pela criança, pelos seus pais e pelo seu professor particular.

- A escola mais “verde” do mundo fica em França. Parece que cada metro quadrado dessa escola é um relvado. O telhado do edifício e todos os jardins são cobertos com relva. No tempo quente, as aulas são realizadas diretamente sobre o relvado.

- Em Espoo, na Finlândia, durante as aulas, os alunos têm a liberdade de sentar onde quiserem e conversar com seus amigos. Eles podem até deitar-se no sofá se estiverem cansados. A atmosfera na sala de aula é muito positiva e relaxada

- A Índia tem a maior escola do mundo. A escola na cidade de Montessori conta com mais de 40.000 alunos, 2.500 professores, 3.000 computadores e 1.000 salas de aula. A escola entrou no Guinness World Record como a maior do mundo.

Etiquetas: 2019Sabia Que

Voltar à página de Notícias