Inicio>pt>Notícias>Sabia que dia 22 de fevereiro é o Dia Europeu pela Vítima de Crime?

Sabia que dia 22 de fevereiro é o Dia Europeu pela Vítima de Crime?

21-02-2020 12:37



Sabia que no dia 22 de fevereiro se assinala o Dia Europeu pela Vítima de Crime?

A sinalização do dia foi instituída pela Victim Support Europe, uma organização que reúne 58 instituições de apoio à vítima de 30 países diferentes, com a intenção de assinalar e defender os direitos das vítimas.

Segundo  Levent Altan, diretor executivo do Victim Support Europe, a intenção da campanha #onevoiceonecause (VER VIDEO) passa por incentivar as pessoas em toda a União Europeia a estarem mais informadas sobre o direito das vítimas e a facultarem às mesmas um mecanismo onde possam falar sobre os problemas que estão a passar.

A este propósito citámos a Comissão para a Proteção de Vítimas de Crime, que caracteriza a vítima, como uma “pessoa singular que sofreu um dano, nomeadamente um atentado à sua integridade física ou psíquica, um dano emocional ou moral, ou um dano patrimonial, directamente causado por acção ou omissão da prática de um crime.”

Sabe-se que qualquer pessoa pode ser vitima de um crime, e que este é um acontecimento normalmente traumático para o/a lesado/a. Contudo, a gravidade e durabilidade do impacto na vítima, varia em função de várias determinantes tais como o tipo de crime, o tempo de exposição à violência, bem como a sua própria personalidade. Para além dos danos físicos e financeiros causados pelo crime, é comum as vítimas sofrerem de um conjunto de reações psicológicas e psicossomáticas, ou seja reações físicas ao stress emocional.

________________
Assim, é importante que as vítimas possam dispor de estruturas de apoio e técnicos especializados onde possam recorrer por forma a lidarem com o impacto do crime. No Gabinete de Atendimento à Família de Viana do Castelo, dispõe de uma Equipa de Prevenção e Intervenção na Área da Violência Doméstica, com serviços aos quais pode recorrer em situação de vitimação por este tipo de crime.

Fonte:
www.cpvc.mj.pt
www.victimsupport.eu

Voltar à página de Notícias