Inicio>pt>Notícias>Sabia que as palavras têm memória?

Sabia que as palavras têm memória?

21-08-2020 11:29


A Romaria da Nossa Senhora da Agonia acontece, este ano, entre 19 e 23 de Agosto e nem a inédita pandemia impede que se assinale a efeméride. Embora familiar para todos os vianenses, há nesta festa resquícios doutros dias, com outras gentes e outros deuses. E para o notar, basta reparar nas palavras a negrito:
A palavra festa tem uma origem religiosa anterior à civilização romana e significa euforia ou êxtase próprios de quem entra em contacto com a divindade e justifica os excessos, os divertimentos, os comes e bebes, a alegria, no fundo, a excepcionalidade dos comportamentos sociais dos dias de festas, agora dedicados a um santo específico.
Vai em romaria o romeiro que peregrina até Roma, mas a ideia peregrinação é ainda mais antiga. A festa de Nossa Senhora da Agonia é uma romaria por duas razões: primeiro, porque as pessoas das redondezas vinham a pé; segundo, porque os devotos faziam romaria à volta da capela (nas obras mais recentes alargarou-se o espaço em volta por esse motivo).
Por último, a agonia. Do grego agónia, significa luta, dor intensa, aflição e desejo de conseguir alguma coisa. Ora, esta terra de pescadores à mercê das fustigações do mar, dos infortúnios da terra e dos caprichos do Fado, voltou a sua devoção para a figura mariana, elegendo-a Senhora da Agonia.
Mergulhados na rotina, raras vezes reparamos que a Língua é memória e que as tradições vestem vários trajes ao longo dos milénios. Hoje é um bom dia para notar esta bela herança. Como escreve o poeta António Franco Alexandre, “há uma terra dentro das palavras”.

Etiquetas: 2020Sabia Que

Voltar à página de Notícias