Inicio

Menu
Inicio>pt>Notícias>3ª Edição Novembro Branco: Ecos de Igualdade 2015

3ª Edição Novembro Branco: Ecos de Igualdade 2015

03-11-2015 11:07



Pelo terceiro ano consecutivo a Direção Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), através do seu Clube UNESCO – Cidadania e Participação Jovem de Viana do Castelo estabeleceu uma parceria com o Gabinete de Atendimento à Família (GAF), através do Núcleo de Atendimento a Vitimas de Violência Doméstica, com a Associação Methamorphys e este ano também com a Câmara Municipal de Viana do Castelo para a realização da 3ª edição do Novembro Branco: Ecos de Igualdade, com o objetivo de assinalar o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres – 25 de novembro de 2015.
Novembro Branco: Ecos de Igualdade 2015 apresenta-se como um conjunto de eventos recreativos, culturais e de sensibilização a desenvolver, que pretendem sensibilizar e consciencializar a comunidade jovem e civil vianense para a importância de uma atitude proativa e de não legitimação da Violência Doméstica, considerada como uma “grave violação dos direitos humanos e um obstáculo à concretização dos objetivos de igualdade”.

Nesta 3ª edição, e nas várias ações que se vão realizar, pretende-se não só aumentar a participação por parte do público juvenil, no que diz respeito à sensibilização para a eliminação da violência no namoro (no ano de 2014 estiveram envolvidos cerca de 2 600 jovens), como também chegar ao público em geral e levá-los a participar nas várias atividades que lhes estão também destinadas, por forma a consciencializar a sociedade para esta temática.

Neste sentido, a organização elaborou uma vasto programa, para desenvolver ao longo do mês, do qual consta a colocação do símbolo de indignação e repulsa pela violência contra as mulheres – Laço Branco – em tamanho gigante, na Praça da República. Este símbolo, em tamanho pequeno, será distribuído gratuitamente pela população vianense para, simbolicamente, se associarem à iniciativa.
Noites de Poesia “ A Violência não é um caminho…”; Conferência “Da teoria à prática do Feminismo”; Tertúlia “ N(amor)o (Im)perfeito?”, esta com a convidada especial Conceição Queiroz, jornalista da TVI; Corrida/Caminhada Pela Eliminação da Violência Contra a Mulher, com a participação especial de Manuela Machado e Aurora Cunha, são algumas das ações agendadas para este mês de Novembro.
Realça-se, contudo, a programação do dia 25 de Novembro, pois são várias as atividades a desenvolver ao longo do dia. Desde exposição de rua “Caminhos de Igualdade”, a jogos para a não violência a decorrerem na Casa das Associações - IPDJ, entre outras.

N culminar de todas as ações, desenvolver-se-á um mega-evento no auditório do Centro Cultural de Viana do Castelo , dirigido à comunidade juvenil, no âmbito da prevenção da violência no namoro. Trata-se da peça de Teatro “ACORDA!”, que está a cargo da Associação Juvenil de Deão (AJD), com início marcado para as 11h00 e na qual se espera a participação massiva dos alunos das diferentes escolas do concelho de Viana do Castelo, à semelhança do que aconteceu no ano anterior em que assistiram à ação de sensibilização cerca de 1 000 jovens.

Para encerrar as atividades desenvolvidas no âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres – 25 de novembro, a Praça da Liberdade, em Viana do Castelo, vai ser, mais uma vez, o palco para a construção de uma moldura humana onde estará representado o símbolo contra a violência: o laço branco. A concentração para esta construção está marcada para as 12h30 e nela podem participar pessoas de todas as idades – jovens estudantes e sociedade civil vianense que queiram assinalar a sua luta contra esta problemática social.
No ano de 2013 este laço foi construído por cerca de 1000 jovens estudantes. Em 2014 foram cerca de 1 500 os jovens que construíram este laço . Pretende-se agora nesta 3ª edição que o laço seja maior ainda e que, desta feita, contribua para a reflexão conjunta sobre as causas da violência contra a mulher.
Tendo em conta estes objetivos de sensibilização e consciencialização da comunidade, a organização do Novembro Branco: Ecos de Igualdade conta com o apoio da Rádio Alto Minho, da AJD, da FAJUVIC, da ETAP – Escola Profissional e da Escola Secundária de Monserrate.
A organização.

PROGRAMA
Decoração de Montras com motivos alusivos ao Laço Branco, símbolo de indignação e repulsa pela violência contra as mulheres I Ao longo do mês

Colocação do Laço Branco na Praça da República I Todo o mês

Noites de Poesia “ A Violência não é um caminho…”
Local: Melo Alvim - 21h30 ( com a colaboração da Escola Secundária de Monserrate/BE-BIVAM)

Tertúlia “N(amor)o (im)perfeito?" – com a Jornalista da TVI Conceição Queiroz
Local: Biblioteca Municipal de Viana do Castelo I 16 novembro I 14h30

Corrida/Caminhada com Manuela Machado e Aurora Cunha, Pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres
Local de partida: Praça da Liberdade I 21 de novembro, às 10h30

Conferência subordinada ao tema "Da teoria à prática no feminismo"
Local: Biblioteca Municipal de Viana do Castelo | 21 novembro | 15h00

Peça de Teatro “ACORDA!” (AJD)
Local: Centro Cultural de Viana do Castelo I 25 de novembro I 11h00

Exposição "Caminhos de Igualdade"
Local: Praça da Liberdade, Junto do Laço Branco | 25 novembro

Atividades/jogos para a não violência e igualdade de género
Local: Casa das Associações – IPDJ

Construção em Moldura Humana do Laço Branco
Local: Praça da Liberdade - 25 de Novembro I 12h30

 

Para consultar o evento no facebook aceda a http://on.fb.me/1Ww7Qfj.

Voltar à página de Notícias